Educadores-da-Escola-Estadual-Professor-Clóvis-Salgado

 

 

 

 

 

 

 
Foto: Educadores da Escola Estadual Professor Clóvis-Salgado

 

 

Comunidade, pais, alunos e professores da Escola Estadual Professor Clóvis Salgado, em Belo Horizonte,  tiveram um encontro, no último sábado (31/08), com o Presidente da Verde Ghaia, Deivison Pedroza, para falar sobre sustentabilidade, durante a Conferência Infantojuvenil pelo meio ambiente.

A escola localizada no bairro Califórnia, em Belo Horizonte, atende a quase mil alunos do ensino fundamental, médio e dos programas PROETI (Alunos Tempo Integral), PEAS (Programa Educacional de Atenção ao Jovem) e EJA (Educação Jovens e Adultos) e está iniciando a sua participação na Conferência Infantojuvenil pelo Meio Ambiente.

Idealizada pelo Ministério da Educação, em parceria com o Ministério do Meio Ambiente, a Conferência é entendida como um instrumento que visa fortalecer a cidadania ambiental nas escolas e nas comunidades. Para isso, propõe o diálogo entre professores, alunos e profissionais a respeito da temática ambiental.

Alinhado à proposta da Conferência, Deivison ministrou a palestra “ON ou OFF – De que lado você está?”, inspirada no vídeo de mesmo nome, que propõe uma reflexão sobre as prioridades do mundo globalizado e conectado, colocando em questionamento a possibilidade de se implementar, de forma efetiva, o modelo sustentável, na forma de conduzir a vida e nas relações humanas.

Deivison aproveitou a grande participação de jovens no evento para apresentar o vídeo “Sonhos – O que você que ser quando crescer”, grande sucesso na internet com quase 4 milhões de visualizações. Deivison falou sobre suas experiências profissionais e pessoais e propôs aos participantes uma nova forma de enxergar a vida, fazendo das adversidades as oportunidades necessárias para transformar sonhos em realidade.

Ao final da Conferência, as escolas deverão constituir uma Comissão de Meio Ambiente e Qualidade de Vida, que tem como missão a definição de projetos de ação para dar continuidade ao que foi discutido durante o processo.

 

Leave a reply

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *