O QUE É SUCESSO PARA VOCÊ?

sucesso

            Toda vez que eu tenho um tempo livre eu olho o LinkedIn, para ver o que as pessoas estão publicando, comentando ou curtindo. E um dia desses caí em uma publicação de uma pessoa que não é minha conexão mas que me chamou muito a atenção, por dois motivos. O primeiro é que a visão de sucesso dessa pessoa diferia da minha própria visão. E segundo, os comentários estavam sensacionais, e me causou uma reflexão sobre o quanto a palavra sucesso pode ser diferente para cada pessoa.

Para alguns, sucesso é saber se colocar em primeiro lugar sempre. Vivemos em uma crise de ansiedade no mundo todo. As pessoas precisam respeitar mais o seu bem-estar, senão vão acabar com uma Síndrome de Burnout ou uma síndrome do pânico ou até depressão. E de que isso vai adiantar? O único prejudicado em toda essa história será sempre você.

Segundo dados divulgados pela Organização Mundial da Saúde (OMS), no dia 23 de fevereiro de 2017, 5,8% da população brasileira sofria de depressão, o que representava 11,5 milhões de brasileiros com a doença em números absolutos.

Por isso, lembre-se sempre que em relação a seu trabalho, caso algo de ruim venha a acontecer com você, outra pessoa pode substitui-lo. Pode não ter a mesma qualidade ou competência. Mas o mundo não vai acabar porque você não está mais nele. Então, não se mate pelo seu trabalho, apenas viva por você mesmo.

Indo nessa mesma linha, sucesso também é saber dizer “não”. É se lembrar sempre de que tudo na vida tem limites, até mesmo o nosso sacrifício para alcançar o que consideramos sucesso. Vejo que está se tornando comum as pessoas romantizarem o exagero no trabalho, como se isso a fizesse gerar mais resultados. Para mim não. O segredo sempre vai estar na eficiência.

Não adianta nada trabalhar 18 horas por dia se outra pessoa trabalhando 6h consegue ter mais resultados por estar descansada e mais equilibrada. Aposto que todo mundo já viveu isso: você está martelando por horas em um problema. Desiste. Dorme. Acorda. E resolve em 10 minutos. Isso prova que nada é mais produtivo que uma mente descansada.

Aliás, em todo o mundo cada vez mais vem sendo valorizadas as pessoas saudáveis e equilibradas e os ambientes flexíveis e humanos. Vem sendo desenvolvidas inteligência artificial, robôs e metodologias ágeis, tudo para tornar o trabalho mais produtivo e menos cansativo. Portanto, aproveite esta nova onda e aprenda o dom de dizer “não” e a se respeitar mais.

Também existem aqueles que consideram que sucesso é estar em um lugar que respeite você como profissional e como pessoa, respeite sua vida fora do ambiente de trabalho. E que pague bem por isso, pelo seu talento, pela sua competência, pelos seus resultados gerados para toda a organização.

Existem muitas interpretações para qualidade de vida no trabalho; que são desde o foco médico da ausência de doenças da pessoa até as exigências de recursos, objetos e procedimentos que atendam demandas coletivas em determinada situação. Tudo isso compondo amplos programas de qualidade de vida no trabalho.

Ou ainda sucesso pode ser a habilidade de poder cumprir as horas de trabalho, entregar o que precisa ser entregue e ainda assim ter tempo de se curtir, curtir sua família e seus amigos. Ou seja, sucesso é saber valorizar o seu tempo, equilibrando produtividade com lazer.

Para alguns que são donos do seu próprio negócio, sucesso é ter a liberdade. Liberdade para trabalhar quando quiser, liberdade para comprar o que desejar, liberdade para sonhar sempre mais.

Muitos acreditam ainda que sucesso é poder desempenhar seu escopo de trabalho sem precisar abrir mão da saúde e da vida pessoal. É colocar sua família em primeiro lugar, especialmente seus filhos, porque se a família não estiver em primeiro lugar, no futuro nenhuma meta alcançada fará sentido.

Caso contrário, se família e filhos não são prioridades, você pode estar ensinando a estes últimos que o tempo que você passa com eles tem um alto custo para você. E que todo o sacrifício que você faz é por eles, que você abre mão de muitas coisas por causa deles. Eu pergunto: quem gostaria de ver seus pais se sacrificando ou se “matando” de trabalhar para você receber algo? Quem garante que o tempo nesse caso não seria o bem mais valioso que um pai poderia dar a seu filho?

E depois de tudo ainda há o risco desse comportamento ser reproduzido quando seus filhos também tiverem uma família, formando um ciclo sem fim, porque eles vão acabar sempre ligando a ideia de sucesso à sacrifícios e desequilíbrios para dar “o melhor ao filho”, ou “proporcionar a vida que eu não tive”. Ou seja, a visão de sucesso que você tem irá influenciar a visão que seu filho terá.

Como deu para notar, não há uma fórmula pronta para o sucesso. O caminho de cada um é diferente e as pedras que precisam carregar também são diferentes. Por isso, cada um deve construir e trilhar o seu próprio caminho da maneira que julgar mais adequada, sabendo que ao final irá colher todos os bônus e ônus da caminhada.

Mas, se existem algumas dicas que podemos seguir, que sejam essas que o Bill Gates deu a uma pessoa que lhe perguntou no “Ask me Anything” promovido pelo Reddit:

“Depois de todos esses anos, o que faz você feliz?”. E ele prontamente respondeu com seus quatro mandamentos:

  1. Manter-se fiel a seus compromissos, seja nos negócios ou nas metas pessoais.
  2. Doe generosamente, não importa a sua riqueza. Até porque você pode doar seu tempo e isso não tem preço.
  3. Dê a seu corpo o respeito que ele merece.
  4. Passe mais tempo com a sua família.

Independentemente do que você julga que seja uma pessoa ser bem-sucedida, seguindo estas dicas você com certeza será uma pessoa mais feliz. E para mim, felicidade está intimamente ligada à ideia de sucesso.

Por fim, quero deixar algumas perguntas para você refletir sobre as respostas. Esta vou citar o nome de quem escreveu porque achei fantástica. É da Simone Saraiva. Não a conheço pessoalmente, mas a achei muito sensata, inteligente e com uma reflexão extremamente necessária para os dias atuais.

“Vale a pena ganhar muito dinheiro sofrendo? Isso é sucesso?”

“Vale a pena seus filhos crescerem vendo você com dor nas costas, barba por fazer, barriga flácida e se alimentando mal? Isso é sucesso?”

“Qualidade de vida tem valor para você? Qualidade de vida é sucesso? Qual valor você vai ensinar para os seus filhos? Quando os seus filhos te perguntarem o que é sucesso, o que você vai responder?”

E acrescento: qual o legado que você quer deixar para os seus filhos e para o mundo?

Hoje, o caminho que você está trilhando, está te levando para onde?

Você se orgulha da sua jornada?

E afinal, o que é o sucesso para você?