QUAL A MELHOR ESTRATÉGIA PARA VENDER?

Antes de iniciar qualquer negócio ou iniciar qualquer tipo de venda, seja ativa ou passiva, você deve definir muito bem quem é o seu público-alvo. Porque quando você define um público-alvo, você direciona o seu foco e toda a sua linguagem para esse cliente. Isso faz você aumentar as chances de vender para ele sem perder tempo com quem não quer comprar. As pessoas naturalmente querem ter exclusividade, elas querem que você fale diretamente para elas.

Ao conhecer muito bem o seu público-alvo, você saberá o que ele deseja, como pensa, o que quer, o que não quer e o que precisa falar para convencê-lo. Ou seja, você vai conseguir entrar na mente do seu cliente. Quando você entra na mente do seu cliente e entende como ele pensa, você consegue apresentar seu produto ou serviço de uma forma que ele entenda que você é a solução que ele precisa para resolver os medos e preocupações dele e a solução para conquistar os sonhos e desejos dele. E quando isso acontece o cliente fica feliz e compra.

Seu produto ou serviço não precisa ser o melhor em qualidade. Qualidade é muito importante, atender as expectativas do seu cliente e até superá-las também é muito importante. Mas você precisa vender primeiro. Não adianta ter um produto de qualidade excepcional se você não consegue vendê-lo. Mas muita gente acha que vender é só apresentar o seu serviço ou produto e dizer o preço, achando que uma boa qualidade ou uma marca forte e reconhecida são o suficiente para vender. E não é. Quantos concorrentes seus vendem mais que você com uma qualidade inferior a sua? Quantas vezes você já viu produtos e serviços de ótima qualidade que não vendem? Não é a qualidade que vende. São técnicas e estratégias de vendas que são testadas e funcionam de verdade.

Como eu já disse lá no início desta história, todos nós temos a capacidade de “nos vender”, basta termos interesse nisso. Todos os dias, você vende uma ideia, convence alguém a aceitar a dividir seu trabalho com ela, a ir em determinado lugar que você quer ir, tudo isso é vender uma ideia. Eu mesmo vendo todos os dias alguma ideia para meus familiares, minha equipe e meus amigos.

Então, quem diz que não sabe vender, é porque nunca parou realmente para pensar sobre o assunto. Geralmente essas pessoas possuem discursos vazios, que alegam não saber vender e acreditam que qualquer venda é problema do comercial.

Acontece que a faculdade e grande parte dos cursos técnicos ou profissionalizantes ensinam o profissional a parte técnica, ensinam como resolver o problema do cliente, mas não ensinam como despertar nos clientes a vontade de comprar com você. E por isso que algumas pessoas que fazem essas faculdades ou esses cursos podem se sentir aptas para vender, quando na verdade esquecem do principal: o cliente e como encantá-lo com seu produto ou serviço.

Você sendo dono do seu próprio negócio, você precisa aprender a vender seus produtos ou serviços. As empresas de sucesso são aquelas que seus donos sabem exatamente quem é seu cliente e como vender para ele. Se eles conseguiram, você também pode conseguir, é só saber os métodos certos. E se você tem um negócio, saber vender se torna ainda mais importante e necessário. Saber vender é fundamental para o crescimento e sucesso do seu negócio, independente da atividade que você tenha. Não veja o seu caso como uma exceção.

Eu, por experiência própria, posso falar que em qualquer negócio, independentemente de ser contratado como um profissional de vendas ou ser dono do próprio negócio, somos todos vendedores. Isso porque, qualquer marca, mesmo àquelas fora da curva, se fizera por gente, por pessoas apaixonadas pelo que fazem e que conseguem convencer qualquer um de sua importância.